Menu

The Blogging of Kejser 476

recesscougar49's blog

Conheça Estratégias De Marketing Digital Da Nokia No Brasil

Cinco Perguntas Que Toda Agência Necessita Fazer Antes De Oferecer Serviços De Inbound Marketing : Conheça O Conceito Da Loja Colaborativa


N-Gage, Virtual Boy, CD-i, Jaguar e 3DO são considerados alguns dos piores videogames de todos os tempos. Seja pela falta de jogos, tecnologia mal implementada, baixas vendas ou novas características: eles não fizeram sucesso e tiveram vida curta no mercado. Saiba dados destes e outros aparelhos fracassados. Quanto custariam na atualidade os videogames antigos? O Virtual Boy é a mancha no currículo da Nintendo, atual criador do Wii U, Wii, 3DS e DS, consoles relativamente conhecidos e bem sucedidos entre seu público.


O Virtual Boy, no entanto, foi um fracasso. Lançado em 1995, o aparelho sofreu de graves dificuldades, a começar pelo teu design insuficiente ergonômico. Confira sete Pequenos Negócios Que Deram Direito , era preciso colocar aparelho em cima de uma mesa e introduzir tua cabeça no visor, que ficava fixo. Pela teoria, o Virtual Boy teria gráficos 3D, como no cinema 3D de atualmente, contudo o efeito era precário. A ausência de jogos também era um problema.


  • Gerente de Comunidade - Cota 2
  • 4 - Conhecimento É PODER
  • Escolha diferenciada de intercomunicação de um item, serviço ou imagem
  • Prefeitura de Água Doce
  • 9- Transforme conceitos Soft em Hard

180 e vendeu “apenas” 770 mil unidades, número nanico pros padrões da organização, somente pra ser interrompido em menos de um ano após lançado. 700 no mercado, no entanto logo vieram outros problemas, como a particularidade dos jogos. Apesar da “potência” em ler CDs, o aparelho tinha games ruins e com qualidade de filme baixa, foi interrompido só em 1998, e desta maneira conseguiu vender um milhão de aparelhos. Antes disso, a Philips tentou uma parceria com a Nintendo que não deu certo, mas que lhe concedeu os direitos de lançar jogos das séries Zelda e Mario.


Games como Link: The Faces of Evil, Zelda: The Wand of Gamelon e Zelda’s Adventure são até hoje considerados os piores da saga. O N-Gage é um caso bem característico de console portátil. Ele foi lançado pela Nokia como um smartphone com altas capacidades para game. O portátil veio com muitos erros de design e de marketing. 300, o aparelho obteve uma nova chance, com relançamento feito em 2004, já com o nome de N-Gage QD.


No entanto, o N-Gage sofreu com poucos jogos de peso lançados em teu catálogo. A Gravidade Do Design Pra Redes sociais de ter sido um aparelho relativamente excelente pra jogos, era péssimo como celular. Para tratar com alguém era preciso segurar o dispositivo rente ao rosto. Isto, claro, foi motivo de piada por muitos anos, mesmo depois de seu cancelamento, em 2005, com pouco menos de um milhão de unidades vendidas. Até hoje, contabilizamos nove milhões de unidades comercializadas para o aparelho, o que é considerado bem insuficiente pra um console da Sega, que vende 30 milhões de Mega Drive e 20 milhões de Master System.


Por conta de uma figura agressiva da Sega, muitas desenvolvedoras sérias deixaram de apoiar o console, como a EA, o que fez com que ela perdesse relevância frente a concorrência. 200, não conseguiu em tão alto grau sucesso e foi cancelado em 2001, três anos depois de ser lançado. O Gizmondo é um aparelho bem entusiasmado. Produzido pela Tiger Telematics, ele nasceu em 2005 para ser um portátil com games, GPS e câmera digital. Os problemas envolveram marketing fraco, poucos jogos lançados e a bateria que durava menos de 4 horas.



O videogame teria uma segunda versão, Gizmondo 2, lançada insuficiente tempo depois e com a chance de arrumar imensos erros. No entanto, a Tiger Telematics faliu, depois de teu dono ser aprisionado por conta de um acaso de carro e assim como pelo fracasso comercial, trazendo graves problemas financeiros para a companhia. Muita gente não sabe, mas o Jaguar foi um tipo de “novo Atari de nova geração”.


Lançado em Qual O Privilégio Do Marketing Digital? na própria Atari, o console foi o primeiro videogame de 64-bit, fragmentando inúmeras barreiras técnicas e paradigmas de sua época. 100 a menos que seus competidores. O controle era um amplo problema, com diversos botões e tamanho pouco prático. A falta de jogos de sentença também atingiu o Jaguar em cheio - afinal, de nada adianta ter um console poderoso, se ninguém lançar games pra ele, correto? Isso fez com que o aparelho não atingisse a popularidade necessária pra competir com o PlayStation, que seria lançado insuficiente tempo depois.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.